Templo Budista – Três Coroas

Um pedacinho do Tibete que fica no pé da serra Gaúcha, vizinha de Gramado, Khadro Ling é um centro de práticas do budismo tibetano fundado pelo Lama Rinpoche, este que nasceu no Tibet em 1930, recebeu desde criança os ensinamentos budistas e conviveu com os maiores mestres da época. Em 1959 ele saiu do Tibet e foi viver como refugiado por 20 anos na Índia e no Nepal. Em 1979 mudou-se para os Estados Unidos e em 1991 ele visitou o Brasil pela primeira vez.

Depois Rinpoche escolheu esse lugar em Três Coroas pois  o achou bonito, alto e parecido com o Tibet e em 1995 começaram as construções do templo que foi o primeiro construído em toda América Latina, para onde Rinpoche se mudou.

Processed with VSCO with ss1 preset
realmente se o lugar ficasse em um lugar plano, perderia um pouco esse ar de estar perto do divino.

Hoje é a esposa de Rinpoche, Chagdud Khadro a responsável pelo centro, isso porque o Lama veio a falecer em 2002. Riponche já reencarnou em uma criança que vive no Tibete e precisa primeiramente estudar a prática para um dia quem sabe vir morar no centro de Três Coroas.

Outra Lama que também reside no centro é a Sherab Drolma. Junto a elas residem mais 50 praticantes do budismo, que são voluntários que trabalham no centro.

E para começar sua visita é recomendado assistir um vídeo explicativo em uma sala à direita antes do templo vermelho. Depois de saber um pouco da história de cada réplica (os prédios são réplicas de templos indianos) e até mesmo ter uma noção do que constitui a prática, sua visita será muito mais proveitosa:

O prédio vermelho chamado de templo, é o lugar sagrado de meditação, onde os moradores se encontram duas vezes ao dia para meditar. O templo é composto por imagens e textos sagradas vindos da Índia e pinturas tradicionais nas paredes que contam como foi a história de vida do Buda.

Processed with VSCO with l6 preset
minha irmã na foto

No altar principal ficam as tigelas que estão sempre cheias de oferendas de água, que são servidas pelos moradores em forma de treinamento para a perseverança, paciência, concentração, generosidade, disciplina e sabedoria.

Antes de entrar no templo deve-se tirar os sapatos, chapéus e desligar o celular (não é permitido fotografar ou filmar o interior dos templos). E principalmente pede-se para não mexer nos objetos que estão nas bancadas de meditação. Mantenha o silêncio e porque não tentar ao menos a prática de silenciar a mente?! Escrevendo aqui já tive vontade de ter essa experiência novamente.

Outra solicitação é de não fumar em nenhum dos espaços do centro, nem mesmo na área externa.

Processed with VSCO with ss1 preset
nesse prédio branco estão as lamparinas e as rodas de oração.

Bem ao lado do templo (prédio vermelho) fica um prédio branco onde ficam as rodas de oração e as lamparinas. As rodas de oração são preenchidas por centenas de cartas de oração e quando se movimentam recitam as mesmas e espalham bençãos. Já as lamparinas expressam a radiância da mente que bane a escuridão da ignorância e das emoções negativas. Esse é um prédio para se “benzer”, brincadeirinha mas se você confiar pode ser mesmo.

Processed with VSCO with l5 preset
quando fores fazer a visita nesse ambiente, ande em sentido horário em torno da fileira de rodas.

Ao fundo do templo ficam as 21 taras. Tara é a Buda feminino que é conhecida por remover medos e obstáculos de todos os seres; dizem que é bom se dar algumas voltas (em sentido horário) ao redor delas para alcançar a plenitude de viver sem medos e obstáculos.

Processed with VSCO with ss1 preset
Templo das Taras
Processed with VSCO with ss1 preset
Taras
Processed with VSCO with l6 preset
meu cantinho preferido no templo.

A direita do prédio vermelho, fica o prédio mais novo do centro, que chamam de a Terra Pura de Guru Rinpoche, é uma réplica da morada de Buda onde fica uma estupa com as cinzas de Rinpoche e nas paredes estão pintadas suas histórias de sua linhagem.

Processed with VSCO with l6 preset
vista dos fundos do prédio.

Bem em frente ao prédio branco ficam as bandeiras de orações, as quais são preenchidas com mantras e quando estão em movimento espalham positividade com o vento.

Processed with VSCO with l6 preset
bandeiras de orações

Na direção esquerda ao templo vermelho, ficam as estupas, que representam a mente iluminidade e as oito fases da vida de Buda. As mesmas ficam enfileiradas para simbolizar o caminho até a acensão da mente. No final fica a a estátua de Guru Rinpoche que levou o budismo da Índia para o Tibete. Essa estátua foi exculpida pelo Lama Rinpoche com seus alunos, a outra estátua que também foi criação dele foi a de Buda Akshobia.

Processed with VSCO with l6 preset
estupas e a estátua de Guru Rinpoche.

Buda Akshobia  aspira as sensações de raiva de todos os seres. Deveríamos estar em frente à ela muitos momentos do dia, pois a raiva nos apodrece.

Processed with VSCO with ss1 preset
nesse dia levei minha amiga Parisience para conhecer o templo, junto minha amiga Mariane.

O grande significado das estátuas é que elas proporcionam um lembrete de qualidades que temos em nossa mente mas que precisamos cultivar: a compaixão, equanimidade (tranquilidade), alegria e amor. Outro significado do Budismo que acho lindo é que Buda significa acordar, despertar a consciência e atenção plena.

Processed with VSCO with ss1 preset
eu tirando uns minutos para silenciar o externo e ouvir meu interior

O templo khadro Ling é uma organização sem fins lucrativos, se mantém com doações espontâneas e pela venda de artesanatos e livros que são uma boa forma de introdução à prática. E se você tiver interesse em saber mais, acontecem retiros onde são passados ensinamentos à iniciantes e há outros cursos mais avançados  também. Veja isso no site:

http://www.chagdug.com

Bom, independente da tua crença, acho além de um lugar de paz, um lindo lugar, com monumentos todos pintados à mão são obras de arte e merecem umas horinhas de sua atenção. Você pode visitar o centro, como também descansar a mente sentando nos gramados do centro, adoro fazer isso.

Processed with VSCO with l6 preset
essa foto é antiga, por hora estou sem chimarrão, troquei ele pela ioga, hehe, hora de desacelerar e viver o hoje.

A entrada no centro budista é gratuíta e ele abre para visitação de quarta à sexta das 9h às 11h:30 e das 14h às 17h. Nos finais de semana e feriados das 9h às 16h:30.

Processed with VSCO with l6 preset

E para tornar a sua visita mais especial diria para combinar com um café ou chá de canela na casa Platoo, que fica na ruazinha de acesso ao templo, alguns metrinhos de distância.

Processed with VSCO with l6 preset

Processed with VSCO with ss1 preset
o café, os bolinhos… tudo é muito saboroso, vale muito essa paradinho do sabor.

O café tem uma decoração íncrivel baseada em várias crenças, tem até uma santa num dos ambientes, acho isso de um respeito enorme. Depois do café eu recomendo dar umas voltinhas no quintal do estabeleciemento, onde acontecem cursos de pintura em tela, jardinagem e arte floral, se tiveres sorte você verá um acontecendo e se não, volte mais vezes.

Segue o contato para mais informações:

51-9555 6295  54-9979 1820

Processed with VSCO with l6 preset
só não recomendo ir com crianças nesse espaço, são muitas peças que virariam tentações para os pequenos, hehe

E se a vontade for para almoçar ou jantar, na descida do templo pela estradinha que dá acesso a RS 115 fica um restaurante tibetano, chamado de Espaço Tibet que tem como sócio e cozinheiro um tibetano que se aventurou pelo mundo e veio parar em Três Coroas; as refeições são muito saborosas, vale a pena conhecer.

Então, na próxima ida à Serra vê se faz uma parada em Três Coroas, o centro tem acesso pela RS 115 ou pela RS 020 que leva à São Francisco de Paula. O endereço do centro budista é: Estr. Linha Águas Brancas, 1211 Três Coroas

Outra atração na cidade verde (alcunha de Três Coroas), são as aventuras pelo Rio Paranhana, a mais conhecida é a descida de rafting do rio. Próximo post falo disto.

Bye Bye Fridinhas (os).

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: