Bonito MS

FullSizeRender-35

Lindo, Magnífico!

Bonito é uma cidadezinha do Mato Grosso do Sul, muito turística, que vale muito a pena conhecer. Seus rios de águas cristalinas encantam e intrigam. A explicação é a localização de Bonito, que fica na Serra da Bodoquena. Composta há milhões de anos, ela foi formada por um imenso bloco de calcário e isso faz com que, literalmente as rochas cresçam e mudem de forma, facilitando a formação de grutas como a bélissima Gruta Azul que é umas das atrações principais de Bonito.

A zona rural é onde estão os grandes atrativos da cidade e para desbravar e fazer os passeios é necessário contratar uma agência de turismo. Os preços são tabelados (e salgados) mas ir a Bonito e não fazer ao menos uma flutuação é o mesmo que ir a Paris e não conhecer a torre Eiffel. A Agência que contratamos foi a Bonito Tem, que nos atendeu muito bem. Segue o site deles: https://www.bonitotemturismo.com.br/

É bom reservar os passeios antes de chegar a Bonito pois alguns costumam lotar e você pode ficar sem.

Outra dica é contratar com uma agência o traslado de Campo Grande a Bonito, uma viagem de 4 horas que custa cerca de 100,00 por pessoa. Transporte compartilhado.

Então vamos aos passeios, começando pelo mais belo, na minha opinião:

Flutuação do rio Olho D’ Água e Rio da Prata.

DCIM586GOPRO
Flutuação do rio Olho D’ Água e Rio da Prata.

A flutuação mais bonita segundo o que nos disseram é a que inicia na nascente do rio Olho d’ Água e segue até o Rio da Prata; a duração é de 4 horas.

Em 2016, custava R$ 204,00 com almoço incluso e o transporte compartilhado R$70,00. Aluguel da Gopro R$ 80,00.

O passeio inicia numa fazenda onde também é servido o almoço. Neste lugar, é possível alugar uma Gopro (se você não levar a sua, alugue, pois tentar tirar fotos com o celular durante a flutuação, é algo quase impossível).

A Gopro é a única coisa que não está inclusa no valor do passeio. A roupa de neoprene, sapatilhas e o snorkel se recebe na recepção. Há também um armário com chave onde se pode deixar os pertences. Depois, já vestidos com a roupa de neoprene, há um pequeno curso sobre a flutuação e é bom prestar atenção, pois uma vez dadas as instruções, no rio não há como parar para tirar dúvidas. Na sequência, antes de embarcar no caminhão que leva ao início da trilha, será necessário tomar uma ducha a céu aberto para que eles se certifiquem que você não entre no rio com protetor solar. Também aconselham a deixar jóias nos armários.

FullSizeRender-43
foto tirada no trajeto até a trilha, em cima do caminhão
DCIM586GOPRO
trilha até a nascente

O Passeio inicia numa trilha que leva até a nascente do Rio Olho D’Água. Nessa trilha é possível observar aves e animais silvestres; para minha sorte não avistei nenhuma sucuri.

DCIM586GOPRO
Nascente do Rio Olho D’ Água

Iniciando a flutuação, é natural que se tenha um pouco de medo até você se acostumar a respirar pela boca usando snorkel, mas depois de alguns minutos você se acostuma com o equipamento e curte o seu momento com a natureza. É magnifico deslizar sobre o rio vendo os peixes e a vegetação do rio.

DCIM586GOPRO
Bonito é pouco!

As águas são assim cristalinas  também por conta da concentração de calcário.

DCIM586GOPRO

A sensação é maravilhora, melhor experiência que já tive com água. Já fiz mergulhos em mar aberto mas nada se compara a beleza deste rio e a sensação que se tem ao deslizar na água. Por algumas horas esqueci que era um ser humano, penetra naquele lugar.

DCIM586GOPRO

 

Parque das Cachoeiras.

Esse passeio custa R$ 100,00 e o transporte compartilhado R$ 45,00.

Por uma trilha se pode avistar as várias cachoeiras ao longo do Rio Mimiso. São 7 paradas para banho, sendo que numa delas há inclusive uma tirolesa. Muito divertido.

FullSizeRender-38

 

Recomendo o uso de um calçado confortável para caminhar na trilha e que seja fácil de tirar para o banho. O melhor são as papetes como os crocs.

FullSizeRender-39

 

Gruta Azul e Gruta de São Miguel.

FullSizeRender-22
Gruta do LAgo Azul

O passeio na Gruta do Lago Azul é feito em conjunto com a Gruta de São Miguel. O custo deste passeio é de R$ 100,00 e o transporte R$ 35,00. Aqui tem um segredo que as agências de turismo não contam: tem um horário no dia que a entreada na Gruta Azul é liberada, sem custo. Para saber os dias e horário (geralmente o primeiro horário da manhã) de entrada livre, recomendo ir no centro de informações municipal.

Para chegar na Gruta do Lago Azul há uma trilha pequena e depois inicia uma descida por uma longa escadaria até o lago.

Uma dica é fazer o passeio de modo a estar nessa gruta as 9h da manhã, pois é quando a luz do sol alcança o lago e tudo fica ainda mais lindo. Neste passeio é obrigatório o uso de tênis e o capacete fornecido.

A cor do lago ainda hoje é um mistério, há várias explicações, mas nenhuma ainda foi dada como a certa.

FullSizeRender-23

Gruta São Miguel.

No início da trilha da Gruta São Miguel há um receptivo onde se encontram algumas araras, o que me possibilitou avista-las de perto, já que não fizemos o passeio do Buraco das Araras por uma questão de tempo.

FullSizeRender-14

Uma parte dessa trilha é arvorismo.

FullSizeRender-15

Na Gruta São Miguel o guia explica sobre a calcificação e “crescimento” das rochas, muito interessante.

FullSizeRender-19

FullSizeRender-17
essas formas são decorrentes de goteiras, incrível.

FullSizeRender-20

 

Balneário Municipal.

FullSizeRender-29

Este é o único passeio que não fizemos com a agência, pois guias são desnecessários. Pegamos um taxi no centro o que nos custou 50 reiais ida e volta. A entrada no Balneário é de R$ 30,00.

FullSizeRender-27

O Balneário fica no rio Formoso, um dos maiores da região.

O lugar é exceltente para banho, piquenique e admirar o tamanho dos dourados, que não são pequenos. Há uma trilha feita por deks que dão acesso a outras areas de banho. O balneáreo fica aberto das 8h as 17h e nos finais de semana costuma lotar; se puderes escolher, vá durante a semana.

FullSizeRender-32

 

Bonito e onde ficar?

Ficamos no Hostel Ecological Expeditions Bonito, abaixo o site deles:

http://www.hostelecologicalbonito.com/pt-pt/

FullSizeRender-10

Como sempre buscamos valores baixos e este estava muito em conta, suíte confortável com frigobar, tv e ar condicionado, com café da manhã bonzinho, tudo isso por R$ 100,00 a diária. Bem localizado, a algumas quadras do centro e também havia um mercado próximo, onde almoçamos um dia.

FullSizeRender-11
café da manhã do hostel

O que fazer a noite em Bonito?

O mais recomendado é que se estique até o centro, mais precisamente ao redor da praça, onde há alguns bares e restaurantes. Se pode fazer a pé mesmo pois o lugar é bem tranquilo.

Um restaurante imperdível é a CASA do Joâo.

É o restaurante mais requintado de Bonito e os pratos de peixes são todos maravilhosos. Experimentamos a traira frita sem espinhas, que vinha acompanhada de arroz e o famoso pirão da casa que é uma delícia.

FullSizeRender-41
Casa do João.

 

O lugar é amplo e junto há um pequeno antiquário e uma loja de artesanato.

FullSizeRender-42

Nas outras noites ficamos ao redor da praça. Fomos a Toca do Peixe, restaurante simples, porém com comida caprichada e preço justo, o que nos fez jantar neste lugar duas noites.

FullSizeRender-8
Menu da Toca do peixe, custo excelente (pratos para duas pessoas).

Há uma área interna no restaurante, mas preferimos sentar na calçada de frente para a praça pois o ar fresco da rua somado ao movimento da praça é algo a ser curtido.

FullSizeRender-9

Outra pedida imperdível são os pastéis; a pastelaria mais famosa e recomendada é a Pastel Bonito, onde são servidos diversos sabores. O que tem mais saída (e vale a pena experimentar para conhecer) é o pastel de carne de jacaré.

Também tem os trailers de comida na praça que oferecem vários tipos de pratos e lanches.

FullSizeRender-44

Bonito é uma cidade pequena e as suas atrações são durante o dia, então é comer e dormir, até porque os passeios saem cedo pela manhã e é preciso estar bem disposoto.

Ficamos em Bonito três dias e quarto noites. Moramos próximo a Porto Alegre, então pegamos voo de POA a São Paulo, São Paulo a Campo Grande e de lá uma van de mais 4 horas até Bonito. Há voos diretos de São Paulo a Bonito, mas é só com a Azul e também são poucos os horários na semana e o preço um pouco salgado.

Nossa organização com os passeios nos possibilitou fazer os passeios principais em três dias: primeiro dia fizemos pela manhã as grutas e a tarde fomos ao balneário. No segundo dia fizemos o parque das cachoeiras e isso nos tomou o dia todo. No terceiro dia fizemos a flutuação que também nos tomou o dia todo.

Existem ainda diversos outros passeios e atrações bem legais em Bonito, então se você tiver mais tempo, com certeza não vão faltar atividades para fazer.

Bom gente, se surgirem outra dúvidas, fico a disposição.

Abraço.

 

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: