Bate-volta à Caleta Tortel.

Era o dia 7 da nossa trip pela Carretera Austral, estávamos em Cochrane, onde já tínhamos desbravado o Parque Nacional Patagônia e a missão do dia era ir até Tortel, cidade bem mais ao sul do Chile, aliás este foi o ponto mais ao Sul da Carretera Austral em que fomos… teria mais uma cidade ainda na carretera que chama-se Villa O’Higgins, mas não vimos necessidade de ir lá, até porque precisávamos otimizar as duas semanas para passar nos melhores pontos da Carretera Austral.

Saímos de carro pela carretera e neste dia tínhamos o alerta de ser o trecho mais perigoso e crítico no qual passaríamos com nosso carrinho (que não era um 4X4). Era o que tínhamos e o que nos foi possível para a viagem; Como gosto de desafios, então lá estava para provar que era possível fazer o trajeto com carro comum. Mesmo com chuva, foi muito tranquilo; o trajeto é todo de rípio (saibro) e com muitas curvas sendo umas bem fechadinhas com penhascos aguardando os ligeirinhos a despencarem, mas seguindo as placas de velocidade e curvas, fomos e voltamos tranquilamente e principalmente sem necessidade alguma de um 4X4.

Agora se essa viagem fosse em meio à nevascas, no inverno, aí sim, precisaria de 4×4 e com correntes nos pneus e mesmo assim não recomendaria, as curvas são muito fechadas em toda a Carretera Austral e acho impossível a pessoa se propor a rodar mais de 2 mil km em velocidade reduzida assim como se precisa quando se trata de um solo em gelo.

DSC_3309

Acima foto da parte da estrada sem curvas, não tenho fotos das partes em que cruzamos as montanhas pois não havia lugar para estacionar e para não virar manchete deixei de lado… mas tenho vídeos do percurso no intagram da @frida_viaja

Como já disse, para ir à Tortel fomos pela Carretera Austral e depois pegamos uma segunda estrada a X-904 que também se igualou a carretera em estrutura, curvas e saibro.

DSC_3310
aí nessa placa se pega a X-904 até Tortel

Enfim, depois de 126 km e 4 horas de viagem chegamos para o tour na cidade pitoresca desta trip. Uma cidade que se fez sobre passarelas de madeira, estradinhas suspensas que te levam por mata fechada, por sobre o mar, pelas casinhas dos moradores, para uma praça, uma biblioteca… tudo que precisa-se em um ambiente de civilização.

DSC_3312
início da pavimentação

A empolgação por estar nesse lugar era grande, mas novamente tive que lidar com a frustração da chuva, e provando que a Patagônia é tal qual falam: “La Patagonia es así: una hora llueve, una hora de sol, otra nieva, otra hace calor y eso es todo el mismo día.”

Então, superei o desapontamento e fiz desse dia chuvoso, um dia especial!

DSC_3313
Tortel dia 25/12/19
128-caleta-tortel-chile-2
Tortel em um dia qualquer de sol e sem a Frida (foto da internet)

Calleta Tortel é uma cidade costeira do Chile, costeando a enseada do canal Baker (braço do Pacífico)  rodeada por ilhas, uma famosa é a Isla de Los Muertos (cemitério bem antigo) para onde saem passeios de barco, mas não me interessei, rsrsrs.

Não me interessei mas depois de ficar sabendo da história, penso que faz muito sentido terem excursão para um cemitério.

Acontece que em 1905, 200 trabalhadores desembarcaram na ilha com a missão de abrir estradas para ligar os oceanos Pacífico e Atlântico. Eles moravam em cabanas no meio das geleiras e montanhas e esperavam a chegada do barco com as comidas que lhes prometeram, meses se passaram e a embarcação nunca atracou. Resultado, comendo carne e farinha infestada ficaram doentes e 120 deles morreram. Dizem que a empresa passou por dificuldades e não conseguiu mandar os alimentos por falta de verba, outra teoria era de que eles foram envenenados pela própria empresa que não tinha como pagar seus salários, de todo jeito tudo isso é muito triste.

IMG_20191225_131702

Como toda a região litorânea do Chile, Tortel também é assombrada por placas indicativas de “Zona de Tsunami”. Imagina tu estar “turistando” por lá e eles resolvem fazer um teste na sirene… imagina o pânico a procurar local para evacuação… não pera, nem se brinca.

DSC_3315
esse barco não deve ter resistido a um tsunami…

A vila foi fundada em 1955 afim de explorar a madeira de ciprestes que é abundante na área acidentada e é até hoje o maior negócio de Tortel.

DSC_3389

Até 2003 se podia chegar em Tortel somente por helicóptero ou barco porque a estrada que liga a Caleta até a Carretera Austral somente foi feita neste ano.

Já na pitoresca vila, as estradas não são nada convencionais, as mesmas foram construídas com madeira dos ciprestes ali explorados. O modelo passarela de deck dá uma aparência distinta e ùnica a Tortel, é daqueles lugares que se tem que ir para poder entender a vida dos locais.

Eu me peguei observando crianças andando de roller e jogando bola na “rua” (passarelas) e fiquei impressionada com a cena. A vida se adapta!

IMG_2156
a mãe vigia os filhos que estão a estrear os brinquedos ganhos do Papai Noel na noite anterior

IMG_20191225_135155

Na vila tem uma escola que vai até a oitava série, prefeitura, livraria, posto de polícia, posto de saúde, bombeiros, mas não há bancos e nem caixa eletrônico e há também algumas vendinhas e restaurantes (no dia em que fomos, 25 de dezembro, estavam todos fechados). Então a dica é levar lanche; eu sempre tenho um pão com ovo para as necessidades hehehe.

DSC_3329-2
ao fundo é a prefeitura, maior prédio de Tortel, “luxuoso”…
DSC_3339
eu escorada no prédio da polícia. O prédio vermelhinho é a escola e biblioteca.
DSC_3337
praça de Tortel

Abaixo, foto da garagem dos bombeiros, os quais tem um papel fundamental na vila. Como as casas (e também as “ruas”) são todas de madeira e o aquecimento à lenha, os incêndios são comuns por lá;  em nosso passeio vimos uma casinha que à poucos dias havia sido destruída pelo fogo, triste.

DSC_3366
garagem dos bombeiros

Falando em guias…

Apesar de ter como regra não socializar com cachorros em dias de chuva, neste dia não teve jeito; estes “guias” de quatro patas e que cheiravam a maresia eram bem insistentes e nos perseguiam por todo lado.

DSC_3316

A pavimentação de Tortel foi renovada recentemente; teve manchete e inauguração com corte de fita e tudo mais… mas, assim como no Brasil, obras são inauguradas sem estarem concluídas, então ainda haviam obras em alguns pontos.

DSC_3325
parte de pavimentação novinha, que agora está recebendo uma pinturinha

DSC_3317

Caminhamos por 4 horas pelas passarelas que dizem ter mais de 10 km de extensão, mas naquele dia troteamos por cerca de 8 km porque não entramos nas entradinhas das casinhas pois os guardas privados de quatro patas não deixavam rsrs.

Mas confesso que zanzei por Tortel como se estivesse com a missão de ir pegar açúcar emprestado na vizinhança.

DSC_3332-2

DSC_3334
outra praça da cidade

Subimos as passarelas que davam nas casas mais isoladas e mais altas, que consequentemente davam vistas melhores.

DSC_3335

DSC_3336

DSC_3340

Fiz a “phina”, tipo: acabei de desembarcar de minha lancha…

DSC_3342-3
meu guia aproveitando a pausa para foto e tirando um cochilo, o carinha dormia em serviço…

Até tentei tirar algumas dúvidas sobre a fauna e flora locais com ele, mas como sempre só me enrolou…

DSC_3362-2
o que há ali? rrrrrrmmmm

E mais uma reclamação do guia, o cara não se ofereceu para bater uma foto nossa e fez pior, pediu ao amigo que estava atendendo um outro casal e por isso a foto ficou de tão longe…

DSC_3351

DSC_3385

Depois de muito andar terminou o nosso horário contratado com o guia e tomamos o caminho da roça… opa das escadaria e passarelas.

DSC_3387-2
no final desse dia tirei foto do app de musculação e marquei a personal, porque malhar tudo isso e não mostrar não emagrece né kkk

Deixei Tortel debaixo de chuva e prometendo um dia voltar para ver o sol batendo no pacífico e fazendo brilhar o verniz das passarelas.

DSC_3391

Próximo post será de Puerto Rio Tranquilo onde visitamos as famosas Capillas de Mármol.

Kussia Fridinhos e rezem para que faça sol na cidade das Cuevas de Mármol.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: