Um dia na medieval Bruges!

Sabe aquela regra de aproveitar uma viagem ao máximo? Aproveitar o tempo, os lugares, o caminho… Isso mesmo, o caminho também!!!

Estávamos indo de Londres para Amsterdam de ônibus (atravessamos o canal por balsa e entramos na Europa pela França); e o que nos esperava antes de Amsterdam? Bruges, na Bélgica!

img_4893-1

Trata-se de uma cidadezinha medieval no nordeste da Bélgica, linda e aparentemente intacta, mas nem tanto pois o turismo por lá é muito grande, então tudo se moldou a ele.

img_0487
a praça central é cercada por prédios históricos… lindos como podem ver.

Mas não pensem que o ônibus parou em Bruxelas e os taipas desceram e disseram; – Ohhh que linda cidade que estamos avistando, Bruges, vamos lá!!! Claro que não né, hehehe. Tudo estava bem programado, com o roteiro encadernado, com todos os passos e gastos projetados e tudo contratado com muita antecedência pois é assim que se consegue viajar mais com menos!

Estávamos em uma trip grande pela Europa que incluiu a Inglaterra, Amsterdam, Veneza e outros. Coisa boa que foi isso! Quero repeteco logo! Se tudo der certo, em breve teremos uma nova trip européia mas desta vez para o leste.

Já viu os outros posts de cidades que “tripamos”? Tem Veneza, Lugano, Londres, Amsterdam e em breve ainda terá Lisboa e Milão. Também tenho uns conhecimentos e umas dicas da época que morei por lá, na Alemanha! Esquece Frida !!! E te foca no agora, hehehe. Então, vamos reviver os momentos bons e os talvez nem tão bons do dia medieval?! Agora!!!

Saímos de ônibus de Londres com destino a Bruxelas. Rodamos a noite toda em rodovias seguras. Viajamos de Megabus, que é uma espécie de low-cost de ônibus. A viagem durou umas 8 horas e o custo foi estupidamente baixo. Segue o o link para quem se interessar: https://uk.megabus.com

Chegamos a Bruxelas bem cedinho pela manhã e confesso, com sono. Assim, meu dia feliz já estava meio comprometido pela noite mal dormida. Sou do tipo que precisa de um banho logo ao levantar; depois tomar uma xícara de café com leite e ir organizando a mente e o dia devagarinho; Neste dia acordei com o bafo do coleguinha de tráz que passou a noite chupando bala de maconha, caramba! O povo leva muito a sério esse negócio de entrar no clima, heheh – na grande maioria o pessoal do ônibus tinha como destino final Amsterdam. Então, levantei e naquele dia não teve banho para dar aquele up e sim um vento na cara na saída do bus. Descemos na rua bem pertinho da estação de trem, creio que andamos uns 100 metros e ali estávamos na estação de trem principal de Bruxellas, a estação Bruxelles Midi.

Como fazia um pouco mais de um mês de um atentado a estação de trem lá, o clima não era o dos melhores. Imagina eu sem meu dito banho e todo mundo ao meu redor de mal humor? Calma, eu estava de férias e conhecendo um lugar novo, então não mordi ninguém, mas chorei, sim chorei. Meu marido me deixou cuidando das malas e saiu para comprar as passagens de trem até Bruges; na minha frente havia três militares enormes fardados, que não mostravam os dentes nem por um segundo. Comecei a ficar aflita com a demora e pensei que tivesse ocorrido algo de ruim com ele; chorei de medo. Bom, depois de mais de uma hora meu marido apareceu com as passagens, tudo certinho, mas levou a bronca!

Essa passagem de Bruxelas e Bruges é bem salgada para uma viagem de apenas 1h. Custa €28,60 de 2ª a 6ª e €15,20 no fim de semana. São preços fixos e sem desconto para compra com antecedência, por isso acabamos deixando para comprar na hora (tínhamos a tranquilidade de conseguir na hora pois saem pelo menos três trens por hora em sentido a Bruges). Mas se você preferir se antecipar, segue o site: http://www.belgianrail.be/en/Default.aspx

Antes de subir a plataforma, tratamos de guardar nossas malas. Dentro da estação tem uma ala enorme de armários de metal, de vários tamanhos. É só você escolher um do tamanho que necessita e pagar por isso, claro, nada é de graça! hehehe. Tem um sistema como se fosse um caixa eletrônico e aí te passam uma senha e funcionou tudo certinho. E para quem quer treinar o francês ou arriscar o holandês, tem um terminal com atendente também.

Então, depois de nos livrarmos das malas, subimos as escadas e fomos em sentido a  plataforma 11 (as plataformas em que partem os trens para Bruges são a 9 e a 11, mas para se certificar basta olhar um dos vários telões espalhados pela estação). Essa estação é enorme e nota-se que o sistema férreo funciona muito bem na Bélgica.

Depois de uma hora de viagem chegamos a Bruges. Na estação mesmo compramos um mapa que custou € 2,50. Aproveitamos para tomar um café da manhã, escolhemos o Mc Donalds pelo custo. A dica é encher a barriga por ali, pois no centro histórico tudo é a preço de ouro.

img_4917
esse é o mapa de Bruges que compramos. Se você for pão duro pode dar um print. hehehe.

Depois de estar com a barriguinha cheia e assim de sorriso no rosto, atravessamos uma avenida e caímos na estrada que leva ao centro histórico. Fomos caminhando e descobrindo o lugar. Esse caminho em sí já é uma atração, muito bonito.

img_0420
primeira paradinha. Mal sabia que essa paisagem não era nada perante o que me esperava a cada esquina.

Percorra lentamente o centro histórico que desde 2000 é considerado Patrimônio da Humanidade. Não é por menos, assim tão conservado, merece muito esse título.

dscf3468
na foto pode-se ver o que mais tem em Bruges: casas de chocolate e beer! hehehe
dscf3469
ruelas estreitas… fiquei me perguntando como passa o caminhão de lixo ali, rsrsrs

O centro histórico é pequeninho e me deu a impressão de a cidade ser pequena também; mas não é não. Bruges já foi um dos maiores centros comerciais da Europa, por um tempo até mais populosa que Londres, nessa época Bruges era conectada com o mar por um canal, o Zwin, mas o canal foi interrompido e a cidade perdeu o acesso ao mar durante o século XV, deixando Bruges isolada. Então o comércio da lá parou e Bruges parou no tempo. Aí mais tarde um autor publicou um romance que se passava na cidade e por fim o turismo se fortaleceu e hoje é o que sustenta a cidade.

dscf3466
Imagina sentar ali e beber uma cerveja, comer um chocolatinho, tudo produzido no local. Não imagine, desfrute.

Nas ruas mais movimentadas se tropeça nas lojas de rendas, são lindas e eu quase cometi uma loucura de comprar um vestido por lá, era simplemente divido (mas bem, bem caro), aí me lembrei das crianças da África (capaz, lembrei de minha conta bancária) e não comprei. Mas por lá também tem outros dois produtos que fazem sucesso no mundo todo, o tal chocolate e a cerveja Belga. Esses foram apreciados, mas com moderação.

Para comprar um ótimo chocolate, a loja mais recomendada é a Spegelaere. A loja fica na Ezelstraat 92 e abre de terça a sábado, das 8 às 18 e fecha pra almoço ao meio dia e abre de novo às 13h. No domingo abre às 9 e fecha às 13H. E na segunda não abre.

E se for dar a dica do que NÃO fazer em Bruges: é o tal do museu do chocolate, todos os fóruns dizem ser a maior furada. Nós não fomos.

Sobre a cerveja, a dica é ir a cervejaria local, a De Haalve Maan (que tem o símbolo de meia lua. Fica na Walpĺein 26. Na cervejaria se pode fazer um tour guiado com um custo de € 7,50 incluindo um copo.

E depois de beber e comer, o bacana também é fazer um passeio de barco já que a cidade é toda cortada por canais.

O passeio de barco deve ser lindo, não fiz mas me arrependo. Se tiver a possibilidade, faça. Esse passeio inclui a ida ao Lago do Amor.

dscf3453
Lago do Amor! Amor por ele, tão lindo.
dscf3473
meio cheio o barquinho né? hehehe, mas não há relatos de banho no passeio. Tranquilo.
dscf3464
Como podem ver nas fotos, em Bruges se tem de cuidar da cabeça quando se passa por baixo das pontes.

Outra atração em Bruges é o passeio de charrete, um tanto caro, mas vale muito a pena e tem tudo a ver com o lugar; escutar os trotes do cavalo e se sentir na era medieval. O passeio custa em torno de R$ 80,00.

dscf3465
O passeio de charete é algo a investir, principalmente se estiver acompanhada(o).

dscf3475

E como podem ver na foto abaixo: Bruges também é uma cidade de duas rodas. Pena eu ter ficado pouco tempo pois com mais dias iria alugar uma bike e desfrutar dos ventos belgas sobre duas rodas.

dscf3500

O “centro” do centro de Bruges é uma praça cercada por prédios cheios de história. Ali literalmente dê um giro!

E falando sobre os prédios históricos, abaixo veja no mapa os principais sendo sinalizados e numerei com as traduções:

img_4916

1 – Estação de trem;

2 – Begijinhof ( um covento para mulheres, construído no século 13, que se espalha por casinhas brancas em torno de um parque;

3 –  Brouwerij De Halve Mann, que é a cervejaria;

4 – Igreja de Nossa Senhora;

5 – Groeningemuseum ( galeria de arte);

6 – Grote Market ( a principal praça da cidade) e o Belfort ( lugar que oferece uma vista linda) Esse vale muito a subida!

7 – Burg ( outra praça linda, onde fica a prefeitura da cidade);

8 – Choco- Story que é o Museu de Chocolate, que não é recomenadado, hehe. Dizem ser maior furada, principalmente pelo tempo que se perde lá.

Então veja os lugares listados acima que são o que tem de mais belo em Bruges e aproveite cada cantinho.

dscf3462
até os telhados das casas são uma atração. Adoramos esses tijolinhos, tanto que nossa casa é nesse estilo, medieval dos anos 2013 hehehe
dscf3487
esse canto achei o mais lindo da cidade. A foto não ficou tão bonita pois o sol estava a pino no momento ou talvez porque o iphone ainda não estava dominado por minhas mãos, hehehe, tinha sido comprado naquela semana.

img_0466

img_0474

Foi um belo dia, apesar do sono e cansaço, ficou eternizado nas minha melhores memórias. E agora escrevendo tive saudades. Vá e me conte como foi, sempre é bom reviver coisas boas.

Grande abraço Fridinhas e Fridinhos.

img_0455-1
Foto de despedida de Bruges!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: