El Chalten, a cidade do trekking e do alpinismo

Wedding (1096)
…e do casamento. Sim, somos nós!

Essa cidade é pra quem tem espírito aventureiro e principalmente go sta de trekking, pois para ver as mais lindas paisagens é necessário caminhar bastante.

El Chalten_ A&J (11)

Antes de falar de El Chalten é necessário falar um pouco da estrada que te leva até lá, a famosa Ruta 40. Embarcamos num ônibus em El Calafate até El Chalten e posso dizer, não é viagem para dormir. Senta na janela e fica com os olhos bem abertos, com certeza eles irão brilhar.

Perto de chegar em El Chalten já se começa a ver os cerros que ficam à esquerda de quem vai. É uma vista fantástica. Pode-se ver o famoso Cerro Fitz Roy também, mas o legal mesmo é encarar os 20 km de caminhada para ver ele bem de perto.

El Calafate_A&J (14)

El Calafate_A&J (13)

El Calafate_A&J (12)

Chegando em El Chalten os ônibus fazem uma parada no centro de informações da cidade e um guia explica sobre as trilhas. Ali você também pode pegar um mapa onde constam todas as trilhas e atrações da cidade; não deixe de pegar.

mapa-trilhas-el-chalten-fitz-roy

Veja todos os lugares que deseja fazer e aproveite seu tempo em El Chalten. Dica de amiga: faça primeiro as coisas que você achar mais interessantes pois você pode chegar a exaustão já no primeiro trekking e não conseguir mais nada nos outros dias. Além disso, o tempo por lá muda muito e quando o vento resolve ficar forte é quase impossível fazer o Fitz Roy por exemplo.

Outra dica: se informe sobre o tempo de duração das trilhas e saia cedo; tivemos uma experiência “difícil” quando chegamos no pé do Fitz Roy e fechou o tempo, nevou e tínhamos pouco tempo para voltar caminhando os 10 km. Tivemos de correr para não pegar escuridão na trilha de mato fechado.

Em dezembro os dias duram cerca de 16hrs; clareia o dia pelas 5:40 e anoitece as 22:00. Mesmo assim, para fazer as trilhas recomendo que se programe para estar de volta até as 19:00 que é até quando a luz do sol começa a baixar (imagina passar uma noite ao relento num lugar frio e ventoso como El Chalten? Nem pensar).

Há um acampamento na base do Fitz Roy, o camping Poincenot; porém, são 8km de caminhada até chegar nele. Se for acampar, acorde bem cedo e faça a subida ao Fitz Roy nas primeiras horas da manhã pois as fotos ficarão lindíssimas. Além disso, na parte da manhã o fluxo de turistas é bem menor.

Bom então vamos a nossa experiência no Fitz Roy.

El Chalten_ A&J (10)
aqui já havíamos caminhado um pouco e era um ponto onde a trilha era quase que uma rua.

Saimos logo após o almoço, mas não foi cedo o suficiente; me atrasei pois queria me fantasiar de noiva e tal… Isso mesmo, minha irmã é fotógrafa e como ela estava nos acompanhando nessa viagem, aproveitei para levar um vestido de noiva e fazer um ensaio por lá.

img_9927
Início da trilha: veja que a dificuldade é média/alta, 20 km de ida e volta.

img_9892-1

Wedding Patagonia (6)
A trilha inicia com um bom trecho de mata fechada com algumas aberturas onde se tem a vista da cidade.

A trilha é toda sinalizada e a cada km há uma plaquinha como a da foto; a cada km que se faz é uma comemoração.

img_9912-1

A roupa ideal para fazer a trilha é algo como um agasalho leve que ataque o vento, afinal é bem provável que neste trekking se pegue o vento máximo da Patagônia. Os melhores calçados são as botas de trekking. Nós não estávamos muito precavidos, exceto a capa de chuva que nos ajudou bastante na hora em que pegamos a neve.

El Chalten_ A&J (6)
Essa sacola da Zara continha meu vestido e o terno do meu marido. Na mochila dele os nossos sapatos.

Pelo caminho encontramos alguns alemães que riram de nós pelas tralhas que estávamos levando. Quando chegamos ao topo entendemos o tamanho da nossa loucura.

El Chalten_ A&J (5)
de acordo como passavam os quilometros a emoção aumentava e a vista   melhorava.
El Chalten_ A&J (13)
este ponto fica logo após o Camping. 8km do início da trilha.
modificado-1
pegando água do rio para beber

É necessário levar alimentação pois obviamente não há nenhum bar no caminho. Adivinha o que tínhamos de lanche? pão com ovo. Quanto a água, não é preciso se preocupar pois se pode beber tranquilamente do riacho que passa ao longo da trilha.

img_9907-1
essa é uma das unicas fotos que tenho da parte da trilha descendo ( na volta) do Fitz Roy, esse ponto já está bem perto do final do cerro. Em muitas partes dela não se conseguia nem por a mão no bolso, elas eram necessárias para ir se agarrando nas pedras para subir.
El Chalten_ A&J (14)
aqui já estávamos bem perto do ponto final, onde meio que se formou um chapadão. Na verdade é o topo do primeiro morro antes de chegar no pé do Fitz.

Depois me muito subir chegamos no ponto final:

El Chalten_ A&J (16)

Chegando no ponto final ficamos impressionados com a vista, linda e perigosa; temi pelas nossas vidas quando começou a soprar de vento extremamente forte, mas mesmo assim me escondi atrás de uma pedra e numa temperatura negativa coloquei o vestido de noiva. Quando estava pronta olhei para o meu marido que estava se levantando e ao ficar de pé o vento o caregou por uns metrinhos. Me assustei; ele se equilibrou e tentamos fazer o ensaio, me segurei nele e nos escoramos em uma pedra. Minha irmã agachada começou a fotografar. O resultado foi este:

_mg_4718 m-1
foram duas fotos como essa, acho que não deu certo, né?

Bom, ficamos em pé e meu coque se desfez com o vento, mais uns segundos e começou a ventar muito forte ( +-110kmh) e ficou insuportável ficar em pé. Nos agachamos e eu coloquei a roupa por cima do vestido. Em uns segundos começou a nevar; não conseguia acreditar naquilo, passamos o dia caminhando para chegar naquele lugar e quando lá estávamos não ficamos nem 10 minutos. Ainda agachados fomos nos arrastando em direção a descida do cerro e quando então conseguimos ficar em pé vestimos nossas capas de chuva para impedir que a neve nos molhasse por inteiro. Assim descemos.

Por tudo isso indico fazer a trilha cedo pela manhã, quando não venta tanto e não há tanta probabilidade de nevar.

Mas digo que mesmo assim, tendo passado todo esse sufoco, subiria novamente; claro, com roupas e calçados adequados desta vez (e mais cedo também).

El Chalten_ A&J (15)
essa foto foi antes do vento aumentar e da neve chegar. O cerro já estava  meio encoberto mas a beleza é demais. Magnífico.

Os paredões são muito altos, chegando a 3375m de altitude. Muitos escaladores profissionais já morreram tentando chegar ao topo e dias antes de estarmos lá, uma canadense foi atingida por uma pedra e faleceu na escalada.

Abaixo cartaz do filme que foi filmado por lá, baseado em uma história verídica.

img_9987

A descida do cerro e volta pro hostel foi uma correria só. Como saímos muito tarde, precisamos caminhar apressadamente (até correr em alguns pontos) para não passar a noite na floresta já que não tinhamos levado lanternas nem nada.

img_9908-1
única foto da volta, não era possível perder nem um minuto fotografando. Veja que o sol já estava baixando.

Eram 23 hrs quando chegamos na cidade e nos últimos metros já não encharvamos quase nada da trilha pois já estava escuro.

E além do Fitz Roy, o que tem para fazer em El Chalten? abaixo link com as demais atrações. Se tiver tempo e disposição, aproveite!

https://www.getyourguide.com.br/-l2367/?cmp=ga&campaignid=733492050&adgroupid=43935489772&targetid=aud-57020326659:kwd-22252300931&loc_physical_ms=1031687&matchtype=b&network=g&device=c&creative=214347785506&keyword=%2Bel%20%2Bchalt%C3%A9n&adposition=1t1&partner_id=CD951&gclid=EAIaIQobChMIk6PZ84Tq1gIViQSRCh3iiAo5EAAYASAAEgLVNPD_BwE

Nós aproveitamos o dia seguinte para caminhar pela cidade que é muito bonitinha. Sim, bonitinha, pois há apenas duas ruas hehe.

img_9956

El Chalten_ A&J (2)
foto tirada da ponte na entrada da cidade. Ao fundo o cerro Fitz Roy
img_9950
essa Igrejinha fica no lado direito de quem chega na cidade. Tem o nome dos dois alpinistas que morreram tentando escalar o Fitz Roy (história que virou o filme).

No terceiro dia locamos um taxi e fomos até o ínicio da trilha do Fitz Roy e depois fomos em direção da cachoeira que tem na cidade (não é grande coisa) mas a estrada vale, principalmente para nosso ensaio.

Wedding Patagonia (40)
a trilha que leva até a cachoeira é mais bonita que ela, hehehe

Wedding Patagonia (41)

Wedding Patagonia (47)
Rua do início da trilha do Fitz Roy, ponto máximo onde se pode chegar de carro.

Wedding (1096)

Wedding Patagonia (4)Wedding Patagonia (12)-8

Wedding (146)
ufa, consegui usar o vestido!

Onde se hospedar em El Chalten?

Ficamos no Hostel Pioneiros Del Valle, o qual recomendo. Pegamos uma suíte confortável que custou cerca de R$ 250,00 para três pessoas, sem café da manhã. Segue o link: https://www.booking.com/searchresults.pt-br.html?aid=311840;label=hostel-pioneros-del-valle-5r4KV2sSKLRB203Hh6ZFKQS13385136553%3Apl%3Ata%3Ap1%3Ap2%3Aac%3Aap1t1%3Aneg%3Afi%3Atiaud-146342138230%3Akwd-29603785563%3Alp1031687%3Ali%3Adec%3Adm;sid=e7831d1f35d5a32de829f310a014032a;city=900040411;expand_sb=1;highlighted_hotels=359047;hlrd=no_dates;keep_landing=1;redirected=1;source=hotel&gclid=EAIaIQobChMIlK_O2ofq1gIVRYCRCh11rgNIEAAYASAAEgKBBfD_BwE&

Esse hostel achamos lá em El Chalten. Tínhamos reserva no hostel Lo De Trive, porém chegando lá não gostamos das instalações, o quarto era minúsculo. Ainda bem que conseguimos outro hostel.

Onde comer?

Como não pegamos café da manhã no hostel, comíamos em uma padaria bem próxima. Para almoços e jantar, indico os dois abaixo:

http://www.ranchograndehostel.com/

https://www.tripadvisor.com.br/Restaurant_Review-g316035-d1544667-Reviews-La_Cerveceria_Brew_Pub_and_Resto-El_Chalten_Province_of_Santa_Cruz_Patagonia.html

img_9970img_9962img_9971

img_9973

O sucesso em toda a Patagônia é o cordeiro Patagônico e as batatas rústicas.  Minha irmã pelo visto gostou da massa dela.

img_9938
Tivemos uma noite de blecaute; faltou luz em toda a cidade, e não é para menos: a energia da cidade toda vem de um gerador e então na hora de pico pode dar problema. Felizmente estávamos em um bar, foi até bonito para nós.
img_9984
sempre na cerveja, pois a água é quase tão cara quanto, então…

img_9988

Depois de muito comer, beber e ṕrincipalmente caminhar é chegada a hora de se despedir.

FullSizeRender-4

Bom, nossa trip pela Patagônia termina aqui, volto no final deste ano para a região da Patagônia,  com outro roteiro de cidades e espero que seja maravilhoso como foi 2015. Prometo me aprofundar ainda mais e relatar tudinho aqui no blog.

FullSizeRender-5

Grande abraço e até a próxima!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: