Descobrindo a Patagônia

Patagônia, o sul do mundo, embarque nessa aventura comigo!

_MG_4254
Perito Moreno!

Mas afinal, que raios é a Patagônia?

A Patagônia não é uma cidade, não é um estado e nem um país. A Patagônia é uma região que compreende parte de dois países (sul do Chile e da Argentina),  alguns estados e muitas cidades. Isso mesmo, a Patagônia é imensa! Possui inúmeros lugares deslumbrantes que valem muito a pena conhecer.

mapa

Este post será uma introdução ao tema e também tem uma dica de roteiro que começa no fim do mundo e vai até o centro da região patagônica. Iniciando na Terra do Fogo, também conhecida como Fin del Mundo, a cidade de Ushuaia na Argentina e então subiremos e passaremos por Punta Arenas ficando em  Puerto Natales no Chile. Depois partimos a El Calafate e finalizaremos em El Chalten. Já os próximos posts serão específicos sobre cada uma destas cidades. Porém agora vamos primeiramente conhecer um pouco mais sobre a região da Patagônia, o que ela nos oferece e como ir desfrutar disso tudo!

_MG_3251
Parque Nacional de Tierra del Fuego, Ushuaia.
Ushuaia 01_ (117)
Passeio de barco pelo Canal Beagle até a Pinguinera.
_MG_3827
Torres Del Paine, Puerto Natales.
_MG_4524
Perito Moreno, El Calafate.
El Chalten_ A&J (16)
Monte Fitz Roy, El Chaltén.

 

Como ir a Patagônia?

Nossa aventura foi parte de avião, muitas horas de ônibus e um pedacinho de balsa;

Tínhamos três semanas para esta viagem, então decidimos fazer os trechos mais longos de avião, e deixando uma parte da aventura para fazer por terra e assim passar pela famosa Ruta 40. Abaixo nosso roteiro:

FullSizeRender-1.jpg
Chegando em Ushuaia. Para uma vista melhor sente do lado direto do avião.

Itinerário:

  • Porto Alegre – Buenos Aires – Ushuaia: Voo combinado GOL e Aerolíneas Argentinas (é preciso pesquisar muito e com antecedência, pois esse trecho pode ser tão caro quanto uma ida a Portugal).
  • Ushuaia – Punta Arenas: ônibus – 12 horas de viagem. Custo: R$ 120,00 (Parte desse trecho o ônibus pega uma balsa e faz a travessia do Estreito de Magalhães, num tempo de 15min . Há também uma parada na imigração do Chile. A viagem toda tem paisagens lindas, mas eu não consegui ver muito pois o ônibus estava com os vidros muito sujos já que parte da estrada é de chão batido.
  • Punta Arenas – Puerto Natales: ônibus – 4h de viagem. Custo: R$ 35,00.
  • Puerto Natales – El Calafate: ônibus – 5 horas de viagem. Custo: R$ 60,00.
  • El Calafate – El Chalten: ônibus – 3h15 de viagem. Custo: R$ 90,00.
  • El Calafate – Buenos Aires – Porto Alegre: Voo combinado GOL e Aerolíneas Argentinas
FullSizeRender-3.jpg
Vista do ônibus, a caminho de Punta Arenas, a ação do vento é visível nas árvores.
_MG_4626
Ruta 40.
_MG_3420
Balsa da travessia do Estreito de Magalhães.

Quantos dias ficar em cada lugar?

  • Ushuaia: 4 dias
  • Puerto Natales: 2 dias
  • El Calafate: 4 dias
  • El Chalten: 4 dias
    Obs: dias em viagens não foram contados.

Clima Patagônico:

O verão mais frio e ventoso que já peguei! Isso mesmo, fomos em dezembro e por lá também faz verão, mas um verão de temperaturas entre 0 e 19 graus centígrados. No inverno, a menos que você goste de muita neve e frio é desaconselhado ir para aqueles lados, até porque os melhores passeios são impossíveis de serem feitos. Em El Chalten por exemplo, no inverno pode fazer até -20°, e com o vento a sensação térmica é ainda menor. Pra se ter uma ideia, num dos dias em que estivemos por lá era quase impossível parar de pé na rua por causa do vento.

Neve: mesmo sendo verão pegamos neve em El Chalten, no Cerro Fitz Roy e também em Ushuaia. Porém a neve nessa época do ano não chega a acumular nas ruas da cidade assim como acontece no inverno.

_MG_3139.jpg
Roupas para trekking: como podem ver…não acertamos!

Roupas: Aconselho uso de roupas para prática de esportes, mas não o seu traje de academia e sim de trekking de aventura, isso para quase todos os dias. Agasalhos leves do tipo corta-vento e de preferência impermeáveis; um casaco esportivo mais grosso; blusas estilo segunda pele; mantas luvas e toucas para conter o vento.

Calçados: Saltos são dispensados, inclusive para a noite você irá preferir algo confortável já que vai andar o dia todo. Então leve botas de trekking e tênis de caminhada.

Obs: nós levamos roupas de frio, mas para um frio seco, roupas de academia e não para trekkimg com vento, isso nos prejudicou um pouco.

FullSizeRender.jpg
22h em Ushuaia, o sol se pondo no verão

Bom, a Patagônia é linda e o melhor de tudo é que no verão os dias são muito longos, de forma que se pode aproveitar muito. Em Ushuaia, cidade mais ao Sul do mundo, amanhece por volta das 4h e começa a anoitecer por volta das 22h.

Wedding Patagonia (13).jpg
Tão linda que se pode até casar por lá. Sim, sou eu! S2
Ushuaia 01_ (285)
Minha felicidade em conhecer os pinguins do fim do mundo!

Minha próxima ida para a Patagônia já está marcada para este final deste ano. Assim, terei um novo roteiro e novas dicas da Patagônia para mostrar em breve. Enquanto isso, no próximo post escrevo sobre Ushuaia, a Terra do fogo, fim do mundo. Vai ser lindo reviver tudo por aqui.

Beijos!

3 comentários em “Descobrindo a Patagônia

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: